RNP recebe endereços IPv6 de produção

A RNP obteve junto à American Registry for Internet Numbers (ARIN), no início de setembro, a alocação de um bloco de endereços IPv6 de produção. Desde 1998, a RNP possui um bloco de endereços de teste, alocado pelo 6Bone. A alocação de endereços IPv6 de produção segue uma política restritiva e a RNP é a única rede no país que, atualmente, atende às condições exigidas pela ARIN, tanto pelas suas características técnicas quanto pelo histórico acumlado de projetos de desenvolvimento deste protocolo.

Inicialmente, estes endereços serão usados na rede piloto instalada entre os Pontos de Presença da RNP em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul. Já se mostraram interessados em participar deste piloto o Laboratório de Arquitetura e Redes de Computadores (LARC) da Universidade de São Paulo; o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD) de Campinas; e o Cefet do Rio de Janeiro, entre outras instituições.

A RNP tem o apoio do Comitê Gestor da Internet no Brasil, que considera a iniciativa relevante para o progresso dos serviços Internet no país.

Este piloto tem por objetivo fornecer serviços de conectividade nativa IPv6 de alta qualidade, permitindo assim sua introdução em ambientes de produção, bem como a realização de experimentos avançados. Além disso, a RNP pretende ampliar o piloto para a participação de empresas.

Uma das aplicações comerciais do IPv6 é na área de telefonia. Os aparelhos celulares de terceira geração sairão de fábrica como terminais IP, já na versão 6.


[RNP, 18.09.2001]
Contato: imprensa@rnp.br





ícone Lupa
ícone Lupa

Restringir à: Título Sub-Título Descrição Conteúdo

Data de Início: Data Fim:

Formulário de assinatura