Complexo Cultural da República será inaugurado em dezembro

Agência Brasil
29.11.2006

Em dezembro deste ano os projetos originais de Oscar Niemeyer para o Plano Piloto ganharão vida. Os mais novos edifícios da Esplanada dos Ministérios serão a Biblioteca Nacional Leonel de Moura Brizola e o Museu Nacional Honestino Guimarães, que formam o Complexo Cultural da República João Herculino.

O prédio da Biblioteca do Conjunto Cultural da República foi concluído no dia 31 de março deste ano e o Museu no dia 30 de junho. A previsão é de que os dois espaços sejam abertos ao público, e em pleno funcionamento, no dia 15 de dezembro de 2006. Por conta das chuvas, as obras da praça atrasaram em aproximadamente 120 dias.

As duas obras foram construídas com recursos exclusivos do Governo do Distrito Federal, no total aproximado de R$ 110 milhões. Este orçamento representa o maior investimento per capita em cultura no país. O Conjunto Cultural da República deixou de contar com R$ 29 milhões em emendas do Governo Federal que não foram aprovadas.

O complexo ocupa um espaço de 91,8 mil metros quadrados, dos quais 11,2 mil metros quadrados são de área construída. A Biblioteca Nacional é o prédio mais formal e fica próximo à Rodoviária do Plano Piloto.

A Biblioteca terá um fluxo garantido de 50 a 70 mil livros e periódicos por ano. Pelo depósito legal, toda editora é obrigada a enviar para a Biblioteca Nacional pelo menos uma cópia de todas as obras lançadas em território brasileiro. Parcerias com o Arquivo Público do DF e com as bibliotecas da Câmara dos Deputados e do Senado também deverão contribuir para a formação do acervo.

A Biblioteca Nacional Leonel de Moura Brizola terá cinco andares com salas de estudos, leitura e trabalhos, auditório para teleconferências e palestras, capacidade para mais de 500 mil volumes impressos, 200 microcomputadores e diversos outros equipamentos de informática, arquivos digitais com documentos, filmes e músicas além de conexão com acervos de outras bibliotecas.

A idéia é que seja a mais moderna biblioteca virtual do País, modelo de inclusão social e digital, funcionar como referência em Brasília, catalogar obras das principais bibliotecas da cidade e oferecer tecnologia de ponta.

O Museu Nacional Honestino Guimarães será composto espaço para mostras e exposições, oficinas de restauração de obras, laboratórios, sistema de climatização, dois auditórios, passarelas externas e três espelhos d'água.

A proposta do Museu é inserir Brasília no circuito internacional das artes e mostrar o que há de melhor na arte brasileira. O espaço será utilizado para exposição itinerante de artistas renomados e temas importantes para a sociedade contribuindo para a educação democrática por meio da cultura e ativando o turismo.

A Secretaria de Cultura conta com apoio de consultores especializados para definir como vai funcionar o projeto. Entre os colaboradores do projeto está o Ministério da Ciência e Tecnologia que fará a liberação de R$ 2 milhões para a compra de computadores e telecentros. A Biblioteca Nacional vai aproximar os cidadãos da Internet. O prédio fica ao lado da Rodoviária do Plano Piloto, o que facilita o acesso da população.

O projeto conta com parcerias da Câmara dos Deputados, Senado, Ministério da Ciência e Tecnologia, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), Rede Nacional de Pesquisas (RNP), Biblioteca Nacional de Lisboa, Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), Universidade de Brasília e outros.







ícone Lupa
ícone Lupa

Restringir à: Título Sub-Título Descrição Conteúdo

Data de Início: Data Fim:

Restringir a busca por conteúdos do tipo: Na mídia

 


RNP na mídia em RSS

Você pode receber as notícias divulgadas no RNP na Mídia em seu computador assim que elas são publicadas, sem precisar visitar o site. O conteúdo desta área é distribuído em formato RSS.


Documentos relacionados:

Clipping da RNP 2003-2007

Relatório estatístico de notícias sobre a RNP veiculadas na imprensa

rel0936d.pdf download do arquivo

formato: application/pdf

data: 31.12.2005